3

Indução de Tolerância Oral ao Leite

Os seguidores mais atentos do Copinho de Leite já devem ter percebido que o Pedro iniciou um tratamento de indução de tolerância oral às proteínas do leite. Falei disso em traços gerais na entrevista que dei à revista Visão, em setembro, no entanto, ainda nunca me tinha sentido preparada para contar aqui como está a…
Ler mais »

0

O leite, sempre o leite

Tinha em mente escrever um post com um grande “click bait” que era qualquer coisa como “O que não poderá faltar na minha mala da maternidade”. A resposta era uma lata de leite extensamente hidrolisado, caso este bebé não possa ser amamentado ou tenha de fazer suplemento por algum motivo. Esta foi a recomendação médica que me foi feita: tratar o meu segundo filho como sendo APLV até aos 6 meses e depois fazer a diversificação alimentar normalmente.

Como procrastinadora-mor que sou, não escrevi o post nem falei com a minha médica sobre estas questões que gostaria de ver acauteladas no pós-parto, como a proibição expressa de lhe darem algum leite de fórmula sem a autorização dos pais.

Sucede que a minha médica está de férias, eu sou admitida na urgência de obstetrícia com um quadro que obriga a internamento e a possibilidade de ter um menino nos braços, bem antes do previsto.

Resolvo ter “a conversa” com a médica que estava a tratar do internamento, não posso perder mais tempo. Sou olhada com estupefação e oiço “nem o seu bebé, nem nenhum pode beber leite de vaca antes dos 12 meses”. Percebo que ela achava que eu me referia a leite de pacote normal (WTF?) e tento ser mais específica: “quando digo leite de vaca refiro-me a fórmulas aptas para lactentes. Para além destas, há fórmulas específicas extensamente hidrolisadas ou de aminoácidos para os casos de alergia alimentar…”. Ela sorri, condescendente. “Não se preocupe, temos para aí muito disso”.

Eu preocupo-me e muito. E também trouxe “muito disso”, na minha mala da maternidade.

Here we go again. Voltei à estaca zero… virgula qualquer coisa, vá.

0

E este, também vai ser alérgico?

Desde que anunciei a segunda gravidez, a pergunta que mais me têm feito é se este bebé também será alérgico como o irmão mais velho.  Bom, houve uma pessoa que me perguntou “se este iria ser normal”, mas não vou incluí-la nesta estatística. Encaro a primeira questão com bastante naturalidade, porque é uma interrogação que…
Ler mais »

0

Janeiro

No ano passado não escrevi muito aqui no blogue, não só pela desculpa do costume – a falta de tempo – mas também porque senti, claramente, que entrei numa nova fase da gestão da alergia alimentar do Pedro, sobre a qual não me apeteceu muito falar. Acho que já tinha expressado isto: o mais fácil…
Ler mais »

0

O Copinho de Leite na TV

No final de 2017 fui ao programa “Agora Nós”, da RTP1, na minha qualidade de vice-presidente da Alimenta – Associação Portuguesa de Alergias e Intolerâncias Alimentares e, também, de mãe de uma criança com alergia alimentar e blogger. Fiz “parelha” com a Ana Lúcia Silva que, para além de parecer da realeza sueca, também é…
Ler mais »

2

Copinho de Leite com Alecrim

O tempo frio e chuvoso convida a programas caseiros e, como tal, aceitei o convite da mãe Alecrim para lanchar e falar sobre como é o nosso Natal. Não deixem de ler e saber mais sobre o projecto Alecrim, que transborda profissionalismo e “boa-onda”.

Hoje Veio cá lanchar – edição Natal | Mãe Copinho de Leite

 

0

24*

Este post passa-se entre as 19h00 de dia 23/11 e as 23h59 de dia 24/11. 19h00  – É Black Friday. Assim o dizem os cartazes afixados em todas as montras deste centro comercial onde tive de me vir meter depois de um dia de trabalho. Eu não quero aproveitar as promoções. Só preciso de comprar…
Ler mais »

0

Embirrações – 2.ª Parte

São muitas as minhas embirrações relacionadas com o mundo em geral (ah! ah! ah!) e com o da alergia alimentar em particular. Em Maio de 2016 comecei uma lista que urge ser actualizada. Aqui estão duas novas achegas: – Perguntarem-me se o Pedro tem que frequentar uma escola “especial” por causa da alergia alimentar. Apetece…
Ler mais »

4

Ponto de situação

Aos cinco anos e meio, o Pedro mantém-se alérgico às proteínas do leite de vaca. Assim o demonstram as últimas análises sanguíneas, sendo que os valores não têm oscilações relevantes (no bom e no mau sentido), do ponto de vista clínico, há mais de dois anos. De dia para dia sou confrontada com a pergunta…
Ler mais »