Crua realidade

Às vezes, temo que o tom propositadamente bem humorado e descomplicado deste blogue seja confundido com o daquelas mães bloggers, cujos filhos estão sempre impecáveis nas suas roupas de inspiração Amish, dormem a noite toda, adoram sopa, jogos de tabuleiro e são super sociáveis. O tom escolhido não é mais do que um “comic relief” (alívio cómico, se preferirem) de uma realidade muito, mas mesmo muito, dura.

O mundo das alergias alimentares é tudo menos cor-de-rosa, se é que ainda restam dúvidas.

Há incertezas. Há culpa. Há exaustão parental. Há vómitos em jacto, há diarreias monumentais raiadas de sangue, há diarreias monumentais com muco. Há diarreias com muco e sangue. Há, inevitavelmente, muito sabão azul e branco ao barulho (comic relief alert!). Há tosse, pieira, saturação do oxigénio muito baixa. Noites em claro. Resistência à mudança.  Há manchas e borbulhas que não se percebe de onde vêm. Há manchas e borbulhas que se percebe logo de onde vêm. Há urticária, eczema, comichões e inchaços. Há paragens no crescimento. Há irritabilidade crónica. Há incompreensão. Há descidas bruscas de tensão arterial. Há dificuldades em respirar. Há inchaços da língua. Há paragens cardíacas. Há perdas de consciência. Há edemas da glote. Há mortes.

 

Fonte da Imagem: http://www.shoppinglifestyle.com/

Fonte da Imagem: http://www.shoppinglifestyle.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *